INDICADORES DO POTENCIAL DE ACESSIBILIDADE EM MUSEUS E CENTROS DE CIÊNCIAS: ANÁLISE DA CARAVANA DA CIÊNCIA

Utilize este link para referenciar este recurso externamente: https://canalcederj.cecierj.edu.br/recurso/16889

  • Título: INDICADORES DO POTENCIAL DE ACESSIBILIDADE EM MUSEUS E CENTROS DE CIÊNCIAS: ANÁLISE DA CARAVANA DA CIÊNCIA
  • Autor(es): Luiz Gustavo Barcellos Inacio
  • Instituição: Fundação Cecierj
  • Área: Divulgação Científica
  • Disciplina: Artigos
  • Tipo: Documento
  • Nome original do arquivo: Inacio_2017_Indicadoresdopotencialdeacessibilidade tcc GUSTAVO.pdf
  • Tamanho: 3.5 MB
  • Data: 01/09/2017
  • Código do Recurso: 16889
  • Descrição: No Brasil, existem leis, programas e iniciativas que têm como objetivo criar e desenvolver ações voltadas à garantia do direito a acessibilidade aos espaços científico-culturais. Com isso, Museus e Centros de Ciências no nosso país estão cada vez mais investindo em ações e recursos de acessibilidade para a promoção do acesso ao conhecimento científico aos mais diversos públicos, principalmente, aqueles com algum tipo de deficiência. Assim, neste trabalho foram desenvolvidos Indicadores de Acessibilidade, uma proposta de ferramenta para analisar a acessibilidade em exposições científicas e espaços científico-culturais, que permitisse identificar as acessibilidades arquitetônica, atitudinal e comunicacional, e também, os recursos de acessibilidadee o desenho das exposições, contribuindo, assim, para ações e programas institucionais. Para a validação da ferramenta construída, os indicadores foram aplicados no Centro de Ciências Itinerante Caravana da Ciência, da Fundação CECIERJ. A metodologia do presente estudo, que pode ser configurada como qualitativa, é muito utilizada em estudos em educação em museus e engloba procedimentos de coleta e análise de dados de forma qualitativa. Após a análise dos dados coletados na Caravana da Ciência com os Indicadores de acessibilidade, foi possível verificar que este centro de ciências possui uma acessibilidade parcial ao superar diversas barreiras e apresentar três dos indicadores, arquitetônico, atitudinal e desenho, evidenciando, assim, seu potencial para ser acessível em diversos âmbitos institucionais e expográficos. Contudo, ainda existem barreiras a serem ultrapassadas neste centro de ciências, em destaque, as de cunho comunicacional. Por fim, foi possível concluir que a ferramenta se mostrou eficaz para estudos de diagnóstico e análise de museus e centros de ciências, suas exposições e atividades, e possui potencial para ser consolidada e aprofundada podendo ser utilizada para a análise da acessibilidade em diversas exposições e espaços científico-culturais.
© Canal Cederj 2018